Fases da gravidez
A CONCEPÇÃO
Entre 200 a 600 milhões de espermatozóides são depositados no interior da vagina, iniciando sua jornada em direção ao óvulo. Muitos sucumbem porque são mais fracos; outros se perdem no meio do caminho. Os melhores nadam, agitando suas caudas que são o seu meio de locomoção. Finalmente, o pequeno número de sobreviventes que restou daquela multidão inicial, aproxima-se do óvulo (que para ele se configura imenso).

O óvulo é cerca de 85 mil vezes maior do que o espermatozóide. Alguns tentam penetrar no óvulo. Finalmente apenas um consegue. Dá-se a fecundação.

A fecundação (fertilização ou concepção) ocorre com a fusão ou encontro dos gametas feminino (óvulo) e masculino (espermatozóide), acarretando na constituição de uma nova célula, o ovo ou zigoto, que carrega características da mãe (óvulo) e do pai (espermatozóide).

Inicia-se, então, um processo de divisões do zigoto em 2 células, 4 células, depois 8 células e assim sucessivamente, é o começo da formação do novo ser... É o milagre da reprodução!

No final da PRIMEIRA SEMANA após a fecundação, inicia-se o processo implantação da massa de células na parede uterina.
O EMBRIÃO
Sabemos, hoje, que os talentos e habilidades apresentadas pelo bebê começam a se desenvolver muito antes dele nascer. Diversos estudos têm evidenciado que o embrião é um ser inteligente e muito mais complexo do que nós imaginávamos.

Na 5ª SEMANA de gestação, contada a partir do primeiro dia da última menstruação, ou seja, 3ª SEMANA após a fecundação, seu sistema nervoso começa a se formar e começam a despontar pernas e braços. Surgem, pela primeira vez, movimentos bruscos.
O EMBRIÃO
A nutrição do embrião entre 4ª e 5ª SEMANAS de gestação é feita através da Vesícula Vitelina. Ao se completar 5 SEMANAS de gestação, há junção dos vasos do embrião com os vasos da placenta em formação, sendo o início da chamada circulação umbilical (feto-placentária).

A placenta será formada por tecidos maternos e fetais (sendo um órgão misto) e será a responsável final pelas trocas entre a mãe e o bebê.
O EMBRIÃO
Entre a 5ª e 10ª SEMANAS de gestação, os principais órgãos e sistemas do embrião se formam, e à medida que essas estruturas se desenvolvem elas afetam a imagem do embrião, que vai adquirindo figura humana.

Na 6ª SEMANA, sua boca começa a se formar e seu coraçãozinho rudimentar pode visto batendo.

O embrião mede de 4 a 9 mm. O seu coração e coluna são visíveis, assim como os brotos que formarão os braços e as pernas.
O EMBRIÃO
Com 7 a 8 SEMANAS de gestação, o embrião é capaz de realizar movimentos muito simples.

Um ligeiro toque em sua face faz com que ele responda com desvio da cabeça.

Nesta fase, o embrião terá em torno de 2,2 cm.
O EMBRIÃO
Com 8 a 9 SEMANAS de gestação, o embrião mede aproximadamente 3 cm e pesa cerca de 10g.

Ao final da 8ª SEMANA de gestação, os dedos já estão formados e separados, podendo ser reconhecido o punho e o cotovelo do braçinho do bebê.
O FETO
Ao final da 10ª SEMANA de gestação, o embrião já se encontra praticamente todo formado (coração, pulmões, rins, fígado e intestinos) e tem-se início, a partir daí, do período fetal.

A partir de 10 SEMANAS de gestação, durante o período fetal, haverá basicamente a maturação e crescimento dos órgãos e sistemas do bebê.
O FETO
O feto vive dentro de um saco amniótico contendo líquido que o envolve e o protege. Nesse ambiente flutuante e sem peso, ele se move ativamente. Com 11 SEMANAS, dentro de seu corpinho, todos os órgãos já estão no devido lugar. Tudo o que se encontra em um ser humano já está formado.

No final da 11ª SEMANA, o bebê mede cerca de 5 cm.
O FETO
Com 12 SEMANAS, o feto mede cerca de 7 cm e pesa 14 g.

A partir de 12 SEMANAS, o feto já apresenta movimentos espontâneos, embora a mãe ainda não os perceba.

A genitália externa adquire as características peculiares ao sexo genético do bebê, apesar de ainda não ser possível identificar o sexo do bebê ao ultra-som.

Crescem os olhos e as orelhas. Começa a formação dos principais ossos do corpo. Os dedos dos pés e das mãos já estão diferenciados e as suas unhas surgem.
O FETO
Com 14 SEMANAS, o feto engole, urina, suga e treina os movimentos respiratórios para o trabalho que seus pulmões vão ter após o nascimento.

Sua coluna vertebral já está bem delineada.

Ele mede 8 a 9 cm e pesa cerca de 28 g.

Com 15 SEMANAS o feto apresenta todos os movimentos presentes em fetos com 9 meses e mede em torno de 10 cm.
O FETO
A partir da 16ª SEMANA, os movimentos do feto aumentam, o que é importante para o desenvolvimento dos seus músculos e ossos. Suas feições estão bem definidas e pode-se identificar o sexo do bebê nos exames de ultra-sonografia.

Seus órgãos e sistemas continuam em desenvolvimento!

Ao final da 16ª SEMANA, seu bebê medirá por volta de11cm.
O FETO
Entre 16 e 18 SEMANAS, além de começar a fazer caretas, levantar as sobrancelhas e coçar a cabeça, ele começa a desenvolver o sentido do paladar.

Nesta idade, as papilas gustativas já estão desenvolvidas.
O FETO
Com 19 A 20 SEMANAS seus movimentos começam a ficar mais coordenados, contrastando com os movimentos iniciais que eram reflexos mais primitivos. É capaz de ficar ereto e impulsionar o corpinho para frente.

Seu cérebro pesa cerca de 90g. Aparecem os primeiros fios de cabelo. Inicia-se a formação do "vernix caseoso" que é uma camada de gordura que reveste externamente o feto. Esta "capa de gordura" tem a função de proteger sua pele num ambiente aquático. Nesta fase o feto já pesa cerca de 300g.
O FETO
Com 21 a 24 SEMANAS, ocorre a maturação do sistema auditivo. O futuro bebê consegue ouvir e reconhecer a voz materna. Pode até se interessar por alguns estilos musicais. Apesar de já ser um "bebê miniatura" quase não há chances de sobrevida fora do útero.

Este é o período mais apropriado para a realização de uma ultra-sonografia para avaliar os detalhes do futuro bebê.

Na 24ª SEMANA seu bebê pesará cerca de 600g.
O FETO
Com 25 SEMANAS, seu bebê está pesando, em média, 800g e as suas chances, a partir de então, caso haja um parto prematuro, começam a existir, dependendo do suporte que lhe for oferecido.

Com 27 a 28 SEMANAS, o feto pisca os olhos. Fecha os olhos quando dorme e abre-os quando está acordado. Pesa em média 1,1kg e mede cerca de 30 cm.
O FETO
Com 30 a 34 SEMANAS, o feto continua o seu processo de crescimento e desenvolvimento. O tecido adiposo vai se formando rapidamente e torneando o corpinho do bebê.

Com 34 SEMANAS, o feto pesa em média 2,2kg e mede cerca de 40 cm.
O FETO
Após 34 SEMANAS de gestação, o pulmão fetal já tem capacidade de sintetizar as substâncias necessárias para a respiração do bebê fora do útero.

Entre 35 e 37 SEMANAS de gestação, com o aumento do seu tamanho, o feto tentará todas as posições possíveis dentro do útero até encontrar a melhor. Geralmente esta posição é de cabeça para baixo, enquanto as nádegas ocupam a parte superior do útero. Esta é a posição ideal para o nascimento.

Com 37 SEMANAS de gestação, o feto tem um peso médio de 2,8 kg e 49 cm de comprimento.
O FETO
A partir de 37 SEMANAS completas, a gestação é considerada como gestação a termo, ou seja, o feto está pronto para nascer a partir desse momento!

Seu organismo está totalmente formado e maduro. Com um peso médio de 3,4kg e comprimento de 50 cm na 40ª SEMANA, ele já não consegue se mexer muito, aguardando, na posição certa, a grande hora do nascimento!!
SEU BEBÊ
Cada bebê é diferente do outro, trazendo consigo características da sua mãe e de seu pai!

Não se preocupe com o que fazer após o nascimento do seu neném... Só é preciso amá-lo, estar presente, atento, pois é o bebê que ensinará aos pais e sua família, dia após dia, as suas necessidades e como lidar com cada uma delas, de forma que, à medida que o bebê cresce, os pais vão aprendendo e crescendo junto com ele!!!

PARABÉNS!